quinta-feira, 28 de novembro de 2019

NÃO SERÁ CANDIDATA! Por omissão na devida destinação do lixo de SLP, ex-prefeita Eunice fica inelegível por 3 anos



Os críticos da política luziense vinha divulgando nos bastidores, a informação de que a ex-prefeita Eunice não seria candidata em 2020.
Até então, muitos consideravam vagas tais possibilidades e meras falácias de adversários, porém, no último dia 22 de outubro, o Dr. João Paulo, juiz da Comarca de Santa Luzia do Paruá, expediu decisão condenatória em desfavor da gestora. 
Segundo os autos do processo encaminhado pelo Ministério Público (um entre os vários que transitam pelos crimes de improbidade), a ex-prefeita Eunice foi enquadrada devido a falta de implantação de uma política ambiental adequada ao destino dos resíduos sólidos, problema que resultou em danos sociais devastadores, embora silencioso.
No que se considera mais agravante para as mudanças do cenário eleitoral luziense, onde Eunice despontava como um dos principais nomes, a justiça resolveu suspender os direitos políticos da ex-prefeita por um prazo de três anos; determinou o pagamento de multa civil de trinta vezes o valor da última remuneração recebida no exercício do cargo; proibiu-a de contratar com o Poder Público e ao pagamento das custas judiciais.
Também os ex-prefeito Nilton Ferraz, antecessor de Eunice, foi alvo das mesmas decisões condenatórias, arroladas com base nos mesmos argumentos da acusação.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas