domingo, 31 de março de 2019

Jovem foi executado a tiros no Outeiro de Presidente Médici na BR 316


Ontem(30), por volta de 22:00h , um jovem de aproximadamente 18 anos, foi executado com vários tiros, na BR 316, próximo ao outeiro, no município de Presidente Médici. Conforme informações, o rapaz estava em uma moto, acompanhado de 2 mulheres, vindo de moto procedente de Maranhãozinho, quando de repente um carro se aproximou, e um dos ocupantes do veículo começou a atirar. A vítima que reside no povoado Três Irmãos, município de Santa Luzia do Paruá, foi atingida na cabeça e uma das mulheres levou 2 tiros no braço. Os assassinos se evadiram do local.
Ninguém sabe informar o motivo do crime. 
Fonte: Blog do Chico da Voz

sábado, 30 de março de 2019

Presos três assassinos que torturaram e mataram jovem na frente da mãe em B. do Corda



Três envolvidos na tortura e assassinato do jovem Tadeu Rafael Ferreira de Brito, de 19 anos, foram presos, nessa quarta-feira (27), por policiais civis de Barra do Corda, com apoio do Centro Tático Aéreo (CTA) e da Polícia Civil de São Paulo. Os três também tentaram matar Lucas dos Santos Santana Silva, de 21 anos. Os crimes ocorreram no bairro Nossa Senhora das Dores, no último dia 03 de março, por volta de 3h da madrugada. Um quarto envolvido continua foragido.


Os quatro mandados de prisão e seis de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Barra do Corda/MA, Teresina/PI e São Paulo/SP. Os presos foram identificados como Antônio Carlos de Lima Bessa, conhecido como "Gato", preso em Teresina; Francisco Pereira de Oliveira, conhecido como "Chuluca", preso em Barra do Corda; e Renan Lima de Sá, preso em São Paulo.


Um dos principais envolvidos nesse crime bárbaro, Raimundo José da Silva Lima, conhecido como “Ramilson” está foragido. Ele é o principal suspeito de realizar os disparos que ceifaram a vida do jovem.
Segundo declarações, “Ramilson” espancou violentamente as vítimas com socos contínuos e coronhadas na cabeça, torturando-as de forma cruel, na frente da mãe de Tadeu Brito, que gritava por socorro e para que seu filho não fosse morto.


Nessa operação interestadual, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, com numeração raspada, e munições, pertencentes ao investigado Renan Sá. Essa pode ser uma das armas utilizadas nos crimes.
"Chuluca" e "Gato" foram encaminhados à Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Barra do Corda.


Renan está custodiado em São Paulo e será recambiado para Barra do Corda nos próximos dias.


Gilberto Lima

Macabro: Dois corpos são encontrados com pés e mãos amarrados


Na manhã desta sexta-feira (29), dois corpos amarrados sem sinais vitais, se encontravam em uma estrada de chão entre a BA 210 e o bairro João Paulo II, seguindo as torres de energia elétrica. Diante desta informação, a equipe de investigadores do plantão deslocou-se até o local informado, onde foi constatada a veracidade do fato. Foram encontrados dois corpos, sem algum documento de identificação, com as mãos e pés amarrados por cordas, com perfurações provenientes de arma de fogo, calibre 12 e .40, cena típica de execução. Um deles tem uma tatuagem no peito escrito: “Paula”. Os corpos – após os procedimentos necessários, foram encaminhados para o IML.
Com informações via wathsapp

sexta-feira, 29 de março de 2019

COVARDIA - Casal é preso suspeito de torturar e estuprar menina de 4 anos


Criança vítima de tortura e estupro em Canhotinho também apresentava queimadura no pescoço — Foto: Polícia Civil/Divulgação. 


Um casal de lésbicas foi preso na quinta-feira (28) suspeito de torturar e estuprar uma menina de 4 anos no distrito de Paquevira, em Canhotinho, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a criança contou o crime à professora.

Ainda segundo a polícia, as agricultoras criavam a garota como se fosse filha delas. Na escola, a professora observou sinais de agressão na menina e perguntou o que tinha acontecido. Foi quando a vítima contou que uma das mães a tinha queimado com um isqueiro.

"Elas criavam a menina desde junho de 2018. No dia 27 de fevereiro [deste ano] elas foram até o Ministério Público e fizeram um termo de responsabilidade, no qual a mãe deixava essa criança com elas", informou ao G1 a delegada Tatiane Macedo.

De acordo com a delegada, a mãe da vítima contou que tinha se separado do marido e criava cinco filhos sozinha. Por não ter uma casa, a mãe da menina foi morar na residência do casal de lésbicas. "A mãe começou um novo relacionamento, saiu da casa do casal e foi morar com o rapaz, mas a menina não quis ir porque tinha se afeiçoado a uma das agricultoras", acrescentou Tatiane Macedo.

A menina apresentava queimaduras no pescoço, no ombro e no órgão sexual, conforme informou a polícia. As suspeitas foram levadas para a Delegacia de Polícia Civil e disseram que a garota havia se queimado sozinha. "Fiz o teste e a criança não sabe acender o isqueiro", disse a delegada.

A vítima passou por exames traumatológico e sexológico, que confirmaram os crimes. As agricultoras foram autuadas em flagrante por tortura e estupro de vulnerável. Elas foram apresentadas em audiência de custódia nesta sexta (29) e tiveram a prisão preventiva decretada. A criança está sob os cuidados do Conselho Tutelar de Canhotinho.

G1

Operação Águas de Março prende mulheres acusadas de tráfico de drogas e assaltos no Maranhão e Piauí


A POLÍCIA CIVIL DO PIAUÍ, POR MEIO DA DIVISÃO DE CAPTURA -DICAP, DESENCADEOU NAS PRIMEIRAS HORAS DESTA SEXTA-FEIRA (29), A OPERAÇÃO “ÁGUAS DE MARÇO “, QUE VISA DAR CUMPRIMENTO A 10 MANDADOS DE PRISÕES NOS ESTADOS DO PIAUÍ, NAS CIDADES DE TERESINA E JOAQUIM PIRES, E EM TIMON, NO MARANHÃO.


Todos os mandados tem como alvo pessoas do sexo feminina que praticaram crimes de tráfico de drogas, roubo majorado e lesão corporal de natureza grave.


Até o momento, oito mulheres já foram presas. O delegado Willame Moraes, coordenador da Dicap, deu detalhes sobre a operação. Ele afirmou que entre as presas estão Sandra Maria da Silva, 43 anos e Michele Theyla da Silva, 25 anos, sendo mãe e filha, acusadas de tráfico de drogas.

“Estamos colocando o fim ao ciclo de atividades criminosas dessas mulheres, juntamente com o verão, por isso o nome da operação, que é o fim de uma estação do ano. São 10 mandados de operação contra essas mulheres que cometeram crimes graves como tráfico de drogas, roubo majorado, que é aquele roubo praticado mediante violência, ou seja, são crimes que afetam bastante a sociedade. Nós temos um caso, onde mãe e filha foram presas pelo crime de tráfico de drogas e cada uma pegaram sete anos de cadeia”, afirmou.

Confira a lista com o nome das presas:

1. Fernanda de Lima, (Condenada a 07 anos e 04 meses e 26 dias de prisão, Art.157);

2. Kaysa Evyla do Carmo Sousa, (Condenada a 07 anos a 05 meses de prisão, Art.157);

3. Maria Auxiliadora do Nascimento Silva, (Mandado de prisão preventiva, Art. 129).

4. Antonia Alves do Rêgo, tráfico de entorpecentes;

5. Jaciara Maria da Silva Sousa, (Condenada a 05 anos e 10 meses de prisão);

6. Sonia Maria da Conceição Sousa, prisão preventiva, Art. 155;

7. Sandra Maria da Silva, (Condenada a 07 anos e 02 meses de prisão);

8. Michele Theyla Silva Oliveira, (Condenada a 07 anos e 02 meses de prisão);

A operação conta com o auxílio da Delegacia Regional de Timon, Greco, DOE, 25 DP e da Força Tarefa da SSP.

O nome da Operação “Águas de Março “ refere-se ao fechamento de uma “Estação “, um ciclo ou uma etapa, pois assim como as Águas de Março fecham o Verão, no caso específico da Operação, fecha-se o ciclo das ações criminosas dessas mulheres.

quinta-feira, 28 de março de 2019

Edilázio Júnior se solidariza a desembargadores

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) utilizou a tribuna da Câmara Federal para se solidarizar aos desembargadores citados pelo ex-superintendente de Investigações Criminais (Seic), delegado Thiago Bardal, que seriam alvo de investigação no estado por determinação do secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela (PCdoB). (Clique aqui e veja o vídeo).
Ele lamentou o episódio, falou da gravidade da acusação e cobrou apuração do Tribunal de Justiça à denúncia levantada por Bardal em audiência judicial.
“O ex-superintendente de Investigações Criminais, o delegado Thiago Bardal, que chegou a ser preso, afirmou na frente do juiz [que conduzia a audiência] que o secretário de Segurança Jefferson Portela pediu que o mesmo investigasse quatro desembargadores e aqui eu venho me solidarizar ao desembargador Guerreiro Júnior, desembargador Fróz Sobrinho, desembargadora Nelma Sarney e desembargador Tyrone Silva”, disse.
Edilázio cobrou providência da direção do TJ. “Peço aqui aqui, senhor presidente, que o Tribunal de Justiça tome uma decisão enérgica, assim como fez o Supremo – o ministro Toffoli pediu a investigação sobre o fake news a respeito do que era noticiado sobre os demais ministros -, que o presidente do TJ, desembargador José Joaquim, peça ao Ministério Público que investigue essa situação”, completou.
O parlamentar também apelou para a Assembleia Legislativa do Maranhão, para uma eventual convocação do secretário. “Não podemos admitir que a polícia civil do Maranhão seja usada para investigar aqueles que não rezam na cartilha do comunismo”, pontuou.
Ele lembrou do escândalo da espionagem, que tratava da investigação da Polícia Militar a adversários políticos do governador Flávio Dino no período que antecedeu a eleição e que ganhou repercussão nacional, e repudiou a postura do secretário, filiado ao PCdoB.
Foto: Divulgação

ASSISTA O VÍDEO!!! TERRORISMO? Em vídeo, representante dos índios ameaça derrubar ponte que corta BR-316 caso reivindicações não sejam cumpridas


Um vídeo gravado pelo representante dos índios que bloquearam a BR-316 na ultima quarta-feira (27) e na manhã desta quinta (28), afirmou explicitamente que caso as reivindicações não sejam cumpridas, todas as opções estarão sobre a mesa, inclusive derrubar a ponte que corta a BR-316 entre Bom Jardim e Santa Inês.

Viana – Homem morre em confronto com a PM depois de resistir prisão e disparar contra guarnição


Na noite  desta terça-feira (27) um homem identificado como Paulo Victor Viegas Costa de 20 anos,  morador da Rua...

Na noite  desta terça-feira (27) um homem identificado como Paulo Victor Viegas Costa de 20 anos,  morador da Rua das Mangueiras no bairro Mutirão na  cidade de Viana, morreu em confronto policial depois de efetuar disparos de arma de fogo  contra as guarnições  da Força Tática e Albatroz.
Com base em denúncias anônimas a  PM foi informada que  no dia 25 de março de 2019, Paulo Victor,  teria realizado vários disparos de arma de fogo na porta de uma residência na Rua Projetada no bairro Mutirão em Viana/MA.
Na tarde desta quarta-feira (27) o  mesmo teria realizou vários disparos de arma de fogo contra o cobrador de uma empresa próximo de sua residência.
A Guarnição da Força Tática com o apoio da Albatroz, realizou operação para capturar o acusado. Os PMs da Albatroz realizaram cerco na residência pela frente, enquanto os PMs da Força  Tática fizeram o cerco pelos fundos da residência, no momento em que a Guarnição da Albatroz bateu na porta da residência informando ser a Polícia, Paulo Victor tentou evadir-se do local pelos fundos da residência, por uma pequena porta na cerca, deparando-se com a Guarnição da Força  Tatica.
O acusado encontrava-se com uma pistola pistola calibre 380  em sua mão e apontou-a contra os PMs realizando disparos e ao mesmo tempo os PMs dispararam em legítima defesa à agressão injusta.  O  acusado foi atingindo na região frontal e tombou, e mesmo no chão não cessou a conduta agressiva, tentando novamente apontar o seu armamento e disparar contra os PMs, ainda realizando disparos, quando os PMs novamente em legítima defesa utilizaram-se de seus armamentos, disparando contra o mesmo até que sua agressão cessasse.
De imediato foi prestado socorro ao acusado que foi conduzido até o Hospital Regional Dr. José Murad em Viana/MA, onde foi constatado o seu óbito pelo médico plantonista.
No local foram encontradas 02 (duas) cápsulas oriundas dos disparos realizados contra os PMs, sendo que foram realizados mais disparos por Paulo Victor, tudo apresentado na Delegacia Regional em Viana/MA, juntamente com a pistola utilizada pelo  acusado e mais duas munições intactas de calibre 380 encontradas no carregador da arma.
MATERIAL APREENDIDO:
01 (uma) pistola calibre 380, Bersa, numeração 2783631 com duas munições intactas e duas deflagradas do mesmo calibre.

Roseana Sarney e Flávio Dino são campões em empréstimos que atolam o Maranhão

Antes de deixar o cargo, a então governadora Roseana Sarney tomou empréstimo junto ao BNDES de mais de R$ 3 bilhões, recurso que deixou em quase sua totalidade para ser gasto na gestão do seu sucessor, o governador Flávio Dino, que vai chegar a casa de R$ 1,6 bilhão de dinheiro emprestado.
Dino já havia solicitado outros valores como empréstimo e agora encaminhou à Assembleia Legislativa o pedido de R$ 600 milhões , elevando só na sua gestão a cifra para R$ 1,6 bilhão.
Quando era apenas candidato a governador em 2014, o ex-juiz federal fez de tudo para impedir que o governo conseguisse os R$ 3 bilhões emprestados, mas tão logo assumiu o governo se apossou dos recursos e gastou tudo em obras duvidosas, como asfalto que se derrete em poucos meses.
O mais alto empréstimo que o governo comunista tomou foi em abril de 2016, da ordem de R$ 400 milhões junto a Caf, que é o Banco de Desenvolvimento da América Latina. Antes, porém, também tomou outros valores, inclusive da Caixa Econômica Federal.
Fonte: Blog do Luís Cardoso 

quarta-feira, 27 de março de 2019

Insegurança jurídica assola o Maranhão, diz Edilázio

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) denunciou na tribuna da Câmara Federal, o desrespeito à Constituição Federal e a afronta do Governo Flávio Dino (PCdoB) ao Poder Judiciário no Maranhão.
Para Edilázio, Flávio Dino tem promovido um sítio de insegurança jurídica no estado, o que tem afetado de forma negativa a economia e as relações sociais e institucionais no Maranhão.
“O Governo do Maranhão viola a independência e a harmonia entre os Poderes, é uma tristeza o que temos vivido no estado. Para vocês terem uma ideia, Flávio Dino baixou um decreto que autoriza o Estado a não cumprir decisões judiciais com relação à reintegração de posse. Ouçam: existe um decreto no Maranhão ue proíbe a Polícia Militar de efetivar cumprimento a decisões judiciais de juízes ou desembargadores sobre a reintegração de posse”, disse.
Para Edilázio, uma afronta à Constituição. “Hoje o nosso estado é a Disney do MST, é o local onde os sem-terra e os sem-teto estão indo. E aí faço uma pergunta a vocês: Qual investidor vai ter coragem de comprar terra para empreender, num estado onde o governador é parceiro do MST?”, questionou.
Ele também lembrou do não pagamento de precatórios no estado ao longo da gestão comunista.
“É importante que vocês e que o Brasil saibam a realidade do nosso estado. O Maranhão hoje está pagando hoje os precatórios de 2014. Na verdade, não está pagando, porque, desde julho de 2018, o governador não cumpre a emenda constitucional que obriga que 1/12 da receita do estado seja destinado para o pagamento dos precatórios. Vale dizer, trata-se de R$ 22 milhões por mês que seriam usados para pagar os precatórios, mas que não estão sendo repassados para o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão. Hoje, soma-se quase R$ 150 milhões. O Que causa espanto é que o Tribunal de Justiça Não toma nenhuma atitude”, disse.
O parlamentar falou da situação difícil de prefeitos do interior do estado, que estão submetidos ao sequestro mensal do Fundo de Participação dos Municípios, situação que é inversa ao do Executivo.
“Os municípios hipossuficientes, paupérrimos, mensalmente têm bloqueado o seu Fundo de Participação para pagarem os precatórios, enquanto isso, o Governo do Estado segue num céu de brigadeiro dando calote naqueles a quem o estado deve”, pontuou.
Ele afirmou que a insegurança jurídica e o calote do Governo será um dos temas apresentados, em São Luís, ao ministro Humberto Martins, Corregedor Nacional de Justiça que cumpre agenda na capital.
Foto: Divulgação

Fonte: Zeca Soares 

terça-feira, 26 de março de 2019

Policia Militar prende assaltantes e traficantes que agiam na cidade de Pinheiro



Homens pertencentes ao Esquadrão Águia e Força Tática, do 10º BPM de Pinheiro, após informações repassadas por populares, prenderam os elementos Hilton Carlos Oliveira Alves, Vulgo Nhô, residente à Rua Agostinho Araújo Nº 151, Natiara Raony Costa Sousa, residente no mesmo endereço e Francisco Durans Filho, residente à Rua Coronel Raimundo Araújo,  375, nesta cidade de Pinheiro, por pratica de assaltos e tráfico de drogas que estariam acontecendo na cidade.
 Os elementos estariam usando uma motocicleta, e após consulta no Infosegos, os policiais chegarem ao endereço do proprietário da mesma, receberam a informação que o veículo havia sido alugado para Hilton Carlos.
Ao chegarem a sua residência, Hilton Carlos tentou evadir-se pelos fundos, sendo contido pelos policiais.
Após as buscas realizadas na casa, foi encontrada a motocicleta utilizada nos assaltos e material entorpecentes.
Natiara Raony Costa Sousa, que também estava na casa, disse ser ela e o marido Hilton Caros os proprietários da droga. Os mesmos foram apresentados ao Distrito Policial sem lesões corporais.
BLOG DO HERASMO

SECRETARIA DE AGRICULTURA PROMOVE ENCONTRO DE AGRICULTORES COM BANCO DO NORDESTE


O crescimento da agricultura familiar, no município de Presidente Médici – Ma, tem se tornado cada vez mais visível na região do Alto Turi, a Secretaria Municipal de Agricultura, tem buscado cada vez mas parceiros a fim de beneficiar financeiramente e potencialmente os agricultores.
Nesta quinta-feira dia 21 de março, o secretário municipal de Agricultura Francisco Magalhães, promoveu mais um encontro com o Banco do Nordeste, levando a representatividade dos parceiros diretamente aos agricultores, facilitando o acesso aos programas destinados aos mesmos.
A reunião aconteceu no Ginásio Poliesportivo de Ubinzal, distrito de Presidente Médici – Ma, dessa vez o programa apresentado ao agricultores foi o AGROAMIGO, que é um programa de fomento a agricultura familiar com o objetivo de melhorar o perfil social e econômico do(a) agricultor(a) familiar do Nordeste e outras regiões do país.

Em Zé Doca: Jovem de 18 anos é preso pela Polícia Militar acusado de tráfico de drogas


A ocorrência foi registrada por volta das 21h40 desta segunda-feira (25), na Avenida Militar, bairro Vila do Bec, em Zé Doca. De acordo com informações já confirmadas, Gutemberg Araújo Raposo (18 anos) se encontrava em atitude suspeita no momento em que foi visualizado pelos policiais da equipe Águia da Polícia Militar. Ao ser abordado, fora encontrado com o mesmo cerca de 28 porções de substância análoga a crack. Ainda no local, o rapaz recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Delegacia pela viatura da Força Tática, para responder pelo crime que pesa sobre seus ombros (tráfico de entorpecentes).

Professor condenado a 8 anos de prisão por estupro de deficiente físico e mental é preso


A Polícia Civil do Maranhão, através do Grupo de Pronto Emprego da 18ª DRPC/GPE-18, prendeu, na tarde desta segunda-feira (25), Rastelli Lima da Silva, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal de Timon que o condenou a 8 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável.
Rastelli, que é professor e mototaxista, estuprou seu vizinho, deficiente físico e mental, em 2011. Ele foi preso no bairro Parque Piauí, em Timon.
A polícia ressalta que o estupro foi praticado em local alheio ao ambiente de trabalho do condenado.
O mesmo foi recambiado à Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) de Timon, onde irá cumprir a pena.
GILBERTO LIMA

População entrega menor amarrado a Policia por suspeito de furto a residências


Por volta das 12h00min desta segunda-feira (25), a equipe da Polícia Militar de Humberto de Campos foi surpreendida com uma multidão que trazia consigo um homem identificado como A.S.S vulgo “Tinô” menor de idade, ele estava amarrado e todo lesionado.
O criminoso que ja é bastante conhecido da Polícia e principalmente da população do Bairro Lagoinhas, por cometer crimes de furtos e arrombamentos a residência, quando questionado ele teria feito, logo apareceu uma vitima que relatou que o criminoso teria invadido sua residência pelo telhado e levou um celular e cartão bancário.
Ao amanhecer a população foi a caça do indivíduo pois já não aguentavam mais o que ele fazia; próximo ao meio dia , localizaram o mesmo e começaram o linchamento; Somente depois do fato ocorrido resolveram apresentar no quartel da Pm pois a delegacia encontrava-se fechada; De imediato a guarnição informou via telefone ao o agente de polícia Civil que trabalha na região de Humberto de Campos sobre o procedimento a ser tomado; O mesmo disse que por se tratar de menor de idade, era pra infelizmente entregar à família do mesmo e a ou as vítimas ,procurarem a DP no dia seguinte pra que fossem tomadas as medidas cabíveis ; A guarnição tentou identificar quem teria participado do linchamento mais não obteve êxito; Então a guarnição prestou Socorro ao menor levando o mesmo até o hospital da cidade juntamente com um responsável do mesmo para que este fosse medicado.

Revoltados aprovados em concurso da PMMA acampam na frente do Palácio dos Leões


Revoltados com a atitude do governador Flávio Dino em não chamá-los para que sejam incorporados aos quadros da Polícia Militar do Maranhão, dezenas dos que foram aprovados no certame e já fizeram o curso de formação estão agora às 18h46 na frente do Palácio dos Leões com faixas e bandeiras.
Ocorre que o governo anunciou concurso para aquisição de 3.000 novos militares e só chamou até agora 1.200. A maioria, que ainda não foi solicitada, alega que ficou desempregada e são pais e mães de famílias que não tem como garantir o sustento. Veja nas imagens abaixo:


 Blog do Luis Cardoso

segunda-feira, 25 de março de 2019

Umbelino Junior visita área de risco e garante apoio a comunidade




O vereador Umbelino Junior (Cidadania 23), visitou na manhã desta segunda-feira (25), a Rua Militana Ferreira, localizada no bairro Sá Viana, região Itaqui Bacanga de São Luís. A área ficou comprometida, após as fortes chuvas registradas no último final de semana.

No local, parte da rua cedeu, postes de energia elétrica foram derrubados e foi registrado deslizamento de terra. Os episódios deixaram os moradores preocupados.

Mesmo debaixo de chuva, Umbelino conversou com os moradores e garantiu o apoio aos que vivem na localidade. Os problemas foram levados ao parlamentar que cobrou a execução de obras do executivo.

"No ano passado, apresentamos na Lei Orçamentária, uma reserva de contingência num valor de aproximadamente sete milhões de reais, então o que aconteceu no Sá Viana, onde haviam requerimentos solicitando melhorias para a comunidade que não foram atendidos e os problemas só foram aumentando. O prefeito de São Luís informou que vai adotar as medidas necessárias e venho pedir que ele utilize a reserva de contingência para dar toda a assistência às famílias que necessitam de apoio neste triste momento", pediu o parlamentar.

VEREADOR SOLICITOU INFORMAÇÕES PREVENTIVAS

Em dezembro do ano passado, Umbelino encaminhou um ofício à Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (SEMUSC), órgão que atende pela Defesa Civil, solicitando informações sobre os pontos críticos de alagamento, desabamento, desmoronamento e quais medidas preventivas estão sendo tomadas nas áreas de risco. O parlamentar questionou ainda se há algum plano de contingência e o protocolo de atendimento a ser realizado. Os questionamentos ainda não foram respondidos.

Já na semana passada, os moradores do bairro Santa Cruz também sofreram inundações, por conta das chuvas, a comunidade solicitou o apoio do vereador que encaminhou um ofício a Defesa Civil, onde a solicitação foi rapidamente atendida. Umbelino Junior garantiu que irá continuar acompanhando de perto a situação das famílias atingidas pelas fortes chuvas e que atuará em defesa da população ludovicense.

Beira-Rio, na Maioba, fica submersa por causa do transbordo de rios e chuvas fortes

Córregos e rios que cortam a área da Maioba e entorno transbordaram com as fortes chuvas, causando rompimento em ruas e avenidas, danificando pontos e deixando boa parte da Beira-Rio submersa.

Imagens áreas feitas na tarde de ontem mostram como ficou aquela região, obrigando muitos moradores a deixarem casas e comércios. Confira no vídeo abaixo:
f

Mais visitadas