quinta-feira, 7 de março de 2019

*Polícia Civil prende fazendeiro acusado de tentar matar funcionário de sua fazenda em Dom Eliseu* Vamos compartilhar



A Polícia Civil do Pará prendeu, nesta quarta-feira (06), em Itinga, no Estado do Maranhão, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, o fazendeiro João Leonardo Ferreira, apontado como autor de tentativa de homicídio de um funcionário de sua fazenda e de familiares da vítima em Dom Eliseu, nordeste paraense. O crime foi registrado no último dia 3, no KM 4 da Rodovia BR-010, zona rural do município paraense. Formada pelos investigadores Ronaldo, Alan e Donato, sob a coordenação do delegado Alselmo Matos, a equipe policial cumpriu a ordem de prisão expedido pela Comarca de Dom Eliseu. A investigação teve início logo após a comunicação do crime na Delegacia de Polícia Civil.

Funcionário da fazenda de propriedade do acusado, a vítima narrou que estava, por volta de 21 horas do último dia 3, na rodovia BR 010, seguindo de moto em direção à fazenda, com a esposa e o filho de quatro meses. Foi quando a vítima viu a aproximação de uma caminhonete que seguia a moto na estrada. Ao reconhecer o carro de seu patrão, a vítima alega ter parado a moto na estrada com intenção de lhe perguntar o que havia ocorrido. Nesse momento, o acusado avançou com o carro para cima da moto da vítima derrubando ao chão o relator, a esposa dele e o bebê. Antes de sair do local, o fazendeiro teria abaixado o vidro do carro e perguntado à vítima: “Você ainda não morreu?”. A vítima socorreu a esposa e o filho até o Hospital Municipal de Dom Eliseu. As duas vítimas tiveram ferimentos graves. Já o funcionário da fazenda sofreu escoriações leves pelo corpo.

O relator disse ter ido à fazenda depois, pois reside na própria fazenda de propriedade de João. O cunhado do acusado teria dito no local que João esteve na fazenda dizendo que havia batido com a caminhonete em animais que estavam na estrada. João teria seguido para a cidade de Itinga no Maranhão. A vítima acredita que João tenha ficado com raiva pelo fato de o funcionário não ter ido à fazenda no último dia 3, domingo de Carnaval. Por isso, o fazendeiro resolver atentar contra a vida do funcionário e da família da vítima. O preso já está recolhido à disposição da Justiça do Pará.
Fonte:007noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas